Maricá 208 anos

Sem receber de Corinthians e Flamengo, arbitragem brasileira recorre ao auxílio emergencial de R$ 600,00

A arbitragem brasileira está se virando com a ausência do futebol. Parados e sem ter como receber dos seus clubes, os árbitrso tiveram que recorrer a um auxílio do Governo Federal para poder pagar as contas.

Com os jogos paralisados, Corinthians e Flamengo não estão pagando seus árbitros oficiais. Por isso eles tiveram que recorrer ao auxílio emergencial de R$ 600,00: “Temos que recorrer a todo tipo de ajuda, porque se depender dos nossos times, fica difícil”, disse um árbitro.

A ausência de ajuda dos clubes gerou discussões entre os árbitros, que devem fazer reuniões a distâncias nas próximas semanas para decidir se mudarão de time ou não.