Maricá 208 anos

Presidente do Inter não se abala com goleada e garante que estreia de Nilmar foi selada à cinco estrelas

A Chapecoense é o Mazembe do Brasil. FOTO: Nilmar
A Chapecoense é o Mazembe do Brasil.
FOTO: Nilmar

Aparentemente anestesiado, o presidente do Inter garantiu não ter ligado muito para o massacre da Chapecoense sobre o Internacional na noite de ontem. O que mais atraiu a atenção do presidente foi a estreia de Nilmar. O jogador foi recepcionado pela Chapecoense, ao invés do elenco do Inter.

“O que mais importa é a chegada de Nilmar e isso fizemos bem. A estreia de nosso ídolo foi selada à cinco estrelas. Não importa se foi pelo rival, o importante é que aconteceu.”, disse o presidente do Internacional que está feliz pela chegada do jogador ao clube.

Por outro lado, o elenco da Chapecoense é só alegria. Os jogadores comemoraram, mas admitiram que não fizeram mais que a obrigação. O técnico do clube de Chapecó falou hoje pela manhã que o mais difícil não foi o jogo, e sim conseguir sair do estádio devido ao alvoroço de sua torcida.

Veja esta notícia no Facebook: http://goo.gl/PhZMdz