Maricá 208 anos

OFICIAL: Se Galvão Bueno não morreu hoje, não morre nunca mais

O narrador da Rede Globo soltou todos os bordões possíveis hoje durante o jogo entre Brasil x Paraguai pela Copa América. A seleção que fez o brasileiro sofrer até o último pênalti, se classificou com gol de Gabriel Jesus e avançou na competição.

Galvão disse que era teste para cardíaco, lançou o famoso “haja coração” e chamou até o Cebolinha de Cebola. No fim do jogo, foi comprovado que se não morreu hoje do coração, não morrerá nunca mais.

Diante da constatação, o brasileiro terá que conviver com Galvão em outras dezenas de Copas do Mundo.

Siga o @trollabola no Instagram