Maricá 208 anos

Após perder a final do Paulistão, Corinthians se revolta e diz que não dará presente de dia dos pais ao árbitro

O Corinthians se revoltou após o fim do jogo da final do Campeonato Paulista contra o Palmeiras. A revolta não foi com o time adversário e sim com o seu funcionário que estava em campo e nada fez para levar o título para casa.

O clube reclamou que nos tempos de ouro, não precisava se rebaixar ao ponto de ir para os pênaltis contra um time numa final e como agora a crise financeira está em alta, acaba se frustrando no final.

Como punição, o clube disse que não dará presente de dia dos pais para o seu árbitro, além de não ter aumento de salário nos próximos meses e uma possível demissão.