Maricá 208 anos

Após fornecedor de comida suspender abastecimento, ratos protestam em São Januário: “Querem matar a gente”

A dupla de ratos Alexandre e Campello que moram em São Januário se revoltaram logo no início da semana. O clube teve o fornecimento de comida interrompido por falta de pagamento, deixando todo mundo com fome. Para eles a situação é um absurdo, já que não tem água também.

“Querem matar a gente e todo mundo que mora aqui. Já não temos água, agora estamos sem comida. O que eles querem? Vivemos aqui há anos e nunca vimos isso acontecer. Estamos chamando nossos familiares para protestar junto com a gente para fazer barulho.”, disse Alexandre.

A situação no Vasco fez vascaínos sentirem falta da figura ilustre de Eurico Miranda e de outros dirigentes que passaram pelo clube em toda a sua história. Vascaínos que passam pelo local estão doando queijos para os moradores que habitam lá.